Google
 

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Atletas mais influentes da década

Prezados,

Foi realizada eleição das atletas mais influentes da década.

Vejamos algumas das votadas.

8º lugar, Leryn Franco, paraguaia do arremesso de dardo.



10º lugar, Amanda Beard, nadadora americana.



26º lugar, Ashley Harckleroad, tenista americana. Fica a pergunta: com ou sem calcinha?


É isso...

Fura Olho

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Haja paciência....

Prezados,

Vamos direto ao ponto:

1
Horcades, pelo amor de Deus, cala a boca!!!!
Parece que quer perder o Fred, o melhor atacante do Brasil.
Ainda não aprendeu que planejamento é uma coisa que se faz sem a imprensa?
Sempre que tiver outra idéia parecida, não fale, beba mais um gole de whisky.
Gistaria de pedir para você sair... Mas ai vem o José de Souza...
Fica calado então, ok?
O Tricolores agradecem

2
Patricia Amorim foi eleita presidente do Flamengo.
A presidência de clubes de futebol geralmente é ocupada por empresários, profissioais liberais ou herdeiros.
Por que? Porque é um cargo não remunerado eexige tempo.
Desejo boa sorte. Contudo, lembremos que é uma vereadora.
Eu quero o Rio de volta, e ele precisa de todos trabalhando.
Agora sim: Pede pra sair (da Câmara de Vereadores)!!!!!!!!!!!!!!11

Em tempo: Assim como não acho que o melhor jogador da faculdade ou da Câmara teria êxito no futebol profissional, não vejo sentido em depositar confiança em ex atletas para funções que exigem preparo. Quando a presidência do Fla, desejo boa sorte. Quanto ao cargo de vereadora, aguardo a renúncia. Sério! E rápido!

3
E o Jobson, hein...
As festas no Bota devem ser animadas. Dodo,Renato Silva e Jobson que o digam...
Achei que faltou boa fé na negociação com o Cruzeiro. E também absurdo não ter qualquer punição.

É isso...

Fura Olho

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Brasileirão 2009

Prezados,

Chegamos ao final de mais um brasileirão e, com ele, temos um post especial.

Primeiro, anuncio a criação do Prêmio Cerveja, Direito e Futebol, que vem no final do post.

Agora, vamos ao resumo:

Campeão: Flamengo

Libertadores: Inter, São Paulo e Cruzeiro (Pré-Libertadores)

Sulamericana: Palmeiras, Avaí, Atlético-MG, Grêmio, Goias, Barueri, Santos e Vitória

Rebaixados: Coritiba, Santo André, Nautico e Sport

Este foi um dos campeonatos de nível mais baixo dos últimos anos.

Ponto corrido já é uma desgraça. Com nível baixo e manipulações então...

Vamos aos destaques.

Flamengo

Com um técnico que ninguém dava nada e uma estrutura pífia, o time conseguiu o inimaginável.

Como se forma um campeão?

1 - É necessário um jogador de ponta que torça para o time para enganar seu empregador europeu, afirmando estar em depressão profunda, para rescindir seu contrato de graça e começar a jogar bola três semanas depois.

2 - Demitir o técnico que queria fazer este jogador chegar na hora e treinar. Colocar um fantoche no lugar dele.

3 - Ser mau pagador. Contratar um credor de 37 anos para jogar bola e torcer para ele, em um milagre, acertar tudo que faz.

Apesar da brincadeira, o Flamengo, de fato, montou uma boa equipe. Não sei se dá para chamar o Andrade de um grande técnico, mas ele não atrapalhou o time, e soube escalar bem.

Apesar do que dizem, acho injusto imputar ao Rubro Negro a palhaçada armada por Corinthians e Grêmio. O Fla fez a parte dele. Apesar de os seis pontos ganhos de bandeja tirarem toda a graça, emoção, justiça e valor do título, a torcida tem que comemorar demais o pentacampeonato (se continuarem repetindo que é hexa, pode ser que eu acredite também).

Seria bom começar desde já a preparação da Libertadores para o ano que vem. O time do Fla é velho e pesado. Reforços pontuais com menos de 25 anos e velozes poderão fazer um time dificil de ser batido.

Barueri e Avai

Times pequenos, com orçamento apertado, e que conseguiram fazer bonito no brasileiro. Estão de parabéns. Vamos ver se conseguem resistir a valorização (e debandada) do elenco.

Fluminense

O time que apresentou o melhor futebol do campeonato depois que resolveu jogar sério.

A torcida, destaque absoluto, e copiada pelas outras do Rio, foi um espetáculo.

Favoritíssimo desde já para o ano que vem, eis que vai manter a base e se reforçar.

Vamos aos vencedores da 1º edição do Prêmio Cerveja, Direito e Futebol:

Melhor técnico - Cuca (2º lugar - Adilson Batista)

Melhor técnico revelação - Silas (2º lugar - Andrade)

Melhor goleiro - Marcos (2º lugar - Victor)

Melhor lateral direito - Vitor (2º lugar - Mariano)

Melhor lateral esquerdo - Kleber (2º lugar - André Santos)

Melhor zagueiro - Digão e Índio (2º lugar - André Dias e Bolivar)

Melhor cabeça de área - Diogo e Guiñazu (2º lugar - Hernanes e Maldonado)

Melhor meia - Conca e Petkovic (2º lugar - Diego Souza e Jorge Wagner)

Melhor atacante - Fred e Washington (2º lugar - Adriano e Maxi Lopez)

Melhor jogador - Dario Leonardo Conca (2º lugar - Fred)

Jogador revelação - Maicon (2º lugar - Digão)

Melhor torcida - Fluminense (2º lugar - Flamengo)

Decepção - Grêmio, Coritiba e Santos (2º lugar - Corinthians, Palmeiras e Atlético MG)

Jogador decepção - D. Tardelli e Ronaldo (2º lugar - Leandro Amaral e Junior Cesar)

Pipocada - Palmeiras e São Paulo

É isso...

Fura Olho